Clique e assine a partir de 9,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

Sexo e vontade de ser avó: como foi a participação da Xuxa na Globo

No programa 'Conversa com Bial', ela disse que durante o sexo já pediram para ela cantar 'Quem Quer Pão'

Por Felipe Branco Cruz - 23 May 2020, 17h02

A apresentadora Xuxa apareceu na Globo nesta sexta-feira, 22, em uma entrevista feita por videoconferência no programa Conversa Com Bial cinco anos após deixar a emissora. No bate-papo, a Rainha dos Baixinhos relembrou a carreira, falou sobre relacionamentos amorosos e contou que sonha em ser avó. O jornalista Pedro Bial convidou a apresentadora dentro de um projeto especial do programa que celebra os 70 anos da TV brasileira. 

No bate-papo, Xuxa contou que muitas pessoas se aproximaram dela apenas porque ela era famosa. “O que mais me preocupava naquela época é que eu não tinha ninguém e tampouco podia correr atrás, ou deixar minha porta aberta para que isso acontecesse. Fora que muita gente chegava perto de mim e queria chegar perto daquela pessoa que estava na televisão. Isso me deixava muito mal”, disse a apresentadora. 

A artista revelou um pedido inusitado que ouviu durante o sexo. “Vou te falar uma coisa, a ponto de eu estar me relacionando e o cara, na transa, falar: ‘canta Quem Quer Pão‘”, disse Xuxa. As gargalhadas, Bial respondeu que o pedido significava uma “brochada imediata”. “E olha que eu adoro essa música. E adoro sexo também. Mas as duas coisas juntas não dá.”

Xuxa relembrou que o tipo de programa que apresentou nos anos 1980, com as roupas sexy que usava, jamais seria aceito atualmente. “Se você parar para pensar e ver todos os meus programas de antigamente, ou quase todos, 80% das coisas que eu fazia era politcamente incorreto. Eu teia sido crucificada se fizesse tudo isso hoje. Essa coisa de botar uma modelo para trabalhar com criança foi audaciosa. Eu não estava preparada e a televisão também não estava. A minha sensualidade era muito maior. As roupas eram bem cavadas”.  

Continua após a publicidade

A apresentadora, que deixou a Globo para ter seu próprio programa na Record, relembrou a cobertura que a sua gravidez teve na época. “Ela já veio pronta para ser minha filha. Ela tem um coração muito bom. Seria muito ruim se eu tivesse uma filha que não tivesse essa índole e eu tenho muito orgulho dessa índole. Eu mimei demais, eu dei tudo. Ela podia ser um nojo e não é”, contou. Ela ainda mandou um recado para a filha: “Eu quero netos agora. A Sasha está com 21 anos, mas eu falo para ela: ‘Sem pressão, minha filha, mas olha, vamos rápido porque eu quero poder brincar, levantar e pegar no colo”.

Publicidade