Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

SBT, Globo e Band: emissoras disputam corrida por entretenimento pós-Covid

Em meio ao processo de reabertura, redes como a Band e o SBT correm por fora com a retomada de programas, enquanto a volta das novelas da Globo não vem

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 7 jul 2020, 12h26 - Publicado em 7 jul 2020, 10h18

Aos poucos, com pequenos passos, o entretenimento vai se adaptando ao “novo normal” e começa a mostrar suas facetas criativas ao lidar com as limitações de um mundo pós-pandemia. Na Califórnia, o programa America´s Got Talent retomou suas gravações com uma série de restrições, como o uso obrigatório de máscaras, a separação dos funcionários por setores de produção, além de um palco construído em local aberto que emula os grandes cinemas ao estilo drive-in.

No Brasil, os programas mais tradicionais, como Caldeirão do Huck, Altas Horas e Domingão do Faustão vêm sendo gravados da casa dos apresentadores, com imagens que já foram exibidas em algum momento de seus programas. O Encontro, de Fátima Bernardes, foi o primeiro de estúdio a voltar de fato, mas sem a presença de plateia e convidados. Outro programa que terá modificações drásticas em sua estrutura é o The Voice Brasil, programado para estrear em outubro. Também não deverá ter plateia, nem a presença de familiares dos participantes. A seleção final inclusive está sendo feita virtualmente.

ASSINE VEJA

Governo Bolsonaro: Sinais de paz Leia nesta edição: a pacificação do Executivo nas relações com o Congresso e ao Supremo, os diferentes números da Covid-19 nos estados brasileiros e novas revelações sobre o caso Queiroz
Clique e Assine

O Big Brother Brasil, que segurou as pontas no ibope para a Globo no início difícil da pandemia, tinha um plano de criar uma edição a mais em setembro deste ano, mas a ideia já foi descartada pelo próprio chefão da área, Boninho, e pelo apresentador Tiago Leifert. Os dois começam a dar, aos poucos, detalhes da edição 21, programada para o início de 2021.

Mais adiantados que a Globo estão a Band e o SBT. A emissora de Silvio Santos está a todo vapor com a gravação de seus programas. Os funcionários estão seguindo as restrições de saúde à risca, sobretudo após a confirmação de Covid-19 pela apresentadora Eliana. O Passa ou Repassa de Celso Portiolli teve a presença de ex-BBBs, que brincaram com uma separação de acrílico entre eles.

Continua após a publicidade

A Band prepara o retorno do carro-chefe da emissora, MasterChef, previsto para estrear no próximo dia 14 de julho. No último final de semana, aliás, a produção da gincana culinária passou por um susto. As gravações de quinta, 2, e sexta-feira, 3, foram suspensas após dois funcionários testarem positivo para a doença. Todos os trabalhadores do estúdio, incluindo a apresentadora Ana Paula Padrão e os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin tiveram de ir ao hospital para fazer exames de detecção do coronavírus. As gravações deverão retornar nesta semana.

Segundo a emissora, “rigorosos protocolos de segurança” estão sendo tomados durante as gravações, como o uso obrigatório de máscaras (com exceção de quem estiver em frente às câmeras), a restrição de entrada no estúdio, pontos de higienização por todo o ambiente e a disponibilização de kits individuais com 20 máscaras de algodão duplo, álcool em gel 70%¨e copos de silicone reutilizáveis para os envolvidos na produção. As máscaras terão cores diferentes para controlar a mudança a cada duas horas. Toda as interações entre participantes e jurados foram remodeladas e respeitam a distância segura de 2,5 metros entre as pessoas. Mesmo com todas as medidas, porém, não foi possível barrar o vírus no estúdio.

A expectativa maior ainda é sobre a volta às gravações dos folhetins da Globo. As atividades estão suspensas desde o início de março, e seu retorno continua a ser uma incógnita. A produção já tem pronto um compacto dos 102 capítulos de Amor de Mãe exibidos antes da pandemia. O plano é exibi-los junto com Fina Estampa (líder de audiência da casa atualmente) nas duas semanas finais da história do Pereirão. Se as questões sanitárias não permitirem, a Globo não descarta valer-se de outras reprises. Nas redes sociais, cresce o apelo para Amor à Vida (2013) de Walcyr Carrasco ser reprisada na faixa das 9 horas e Lado a Lado (2012), escrita por João Ximenes Braga e Claudia Lage, na faixa das 6, no lugar de Novo Mundo.

A simulação de um possível retorno acontecerá na segunda-feira, 13. Será uma semana essencial para a produção da teledramaturgia da emissora averiguar o que precisa ser modificado, descartado ou implementado com o intuito de garantir a saúde dos atores e técnicos. Se tudo der certo, os elencos voltarão a gravar no dia 3 de agosto. A célebre frase “vocês não imaginam o prazer que é estar de volta”, dita pela personagem de Bianca Bin em O Outro Lado do Paraíso, nunca fez tanto sentido.

Continua após a publicidade

Publicidade