Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

Fenômeno da Netflix, ‘Profecia do Inferno’ atesta poder da TV sul-coreana

A produção asiática somou mais de 43 milhões de horas vistas durante a última semana, tirando o posto até então ocupado por 'Round 6'

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 23 nov 2021, 19h06 - Publicado em 23 nov 2021, 19h04

Lançada há apenas três dias, Profecia do Inferno, nova série sul-coreana da Netflix, acaba se assumir o posto de produção em língua não inglesa mais vista da plataforma durante a última semana. Entre os dias 15 e 21 de novembro, a trama do mesmo criador de Invasão Zumbi somou 43.480.000 horas assistidas, tirando a coroa da também sul-coreana Round 6, que liderava o posto desde a sua estreia, em setembro. Exibindo grande potencial para se tornar o novo hit da gigante do streaming, a série foi a mais vista em 71 países, incluindo Brasil, Canadá, Hong Kong, Nigéria e a Nova Zelândia.

Criada, dirigida e corroteirizada por Sang-ho Yeon, a história acompanha o surgimento de criaturas demoníacas que caçam pecadores previamente avisados de suas mortes por um ser celestial. Enquanto o caos trazido pelos monstros aterroriza Seul, a mundo vê o nascimento de um surto de histeria publica combinado ao fanatismo religioso. A produção possui seis episódios e deixou um gancho para uma possível segunda temporada.

Seguida de Profecia do Inferno, no ranking global de séries em língua não inglesa, estão A Rainha do Ritmo (segunda temporada), com 38.640.000 horas assistidas, a já citada Round 6, com 30.410.000 horas, O Rei de Porcelana (primeira temporada), com 15.640.000 horas, e, na quinta colocação, a novela brasileira Carinha de Anjo, com 13.180.000. O lançamento sul-coreano conseguiu somar mais horas vistas do que Arcane,  baseada no popular jogo League of Legends, que domina o ranking das séries em língua inglesa mais vistas, com 38.420.000 horas. 

Continua após a publicidade

Publicidade