Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Sobre Palavras Por Sérgio Rodrigues Este blog tira dúvidas dos leitores sobre o português falado no Brasil. Atualizado de segunda a sexta, foge do ranço professoral e persegue o equilíbrio entre o tradicional e o novo.

Podemos dizer que um canhoto tem… destreza?

“Prezado Sérgio, parabéns pelo trabalho, sou um leitor contumaz de suas colunas. Trago aqui uma dúvida que há muito tenho: as palavras ‘destro’ e ‘destreza’ têm relação entre si? Esta dúvida vem de reflexões do tipo: 1) Aquele que tem destreza com a mão direita é chamado destro por este motivo? Se sim, por que […]

Por Sérgio Rodrigues Atualizado em 31 jul 2020, 01h12 - Publicado em 8 jun 2015, 13h11

messi

“Prezado Sérgio, parabéns pelo trabalho, sou um leitor contumaz de suas colunas. Trago aqui uma dúvida que há muito tenho: as palavras ‘destro’ e ‘destreza’ têm relação entre si? Esta dúvida vem de reflexões do tipo:

1) Aquele que tem destreza com a mão direita é chamado destro por este motivo? Se sim, por que não dizer que o canhoto é destro com a mão esquerda? Se não, por que chamar quem tem destreza com as duas mãos de ambidestro?

2) E se for o contrário? Sobre aquele que tem muita habilidade com algo, diz-se ter destreza por se considerar o destro mais habilidoso que o canhoto? Se não, por que não dizer que uma pessoa habilidosa tem ‘canhotice’?

Resumindo, a relação entre estas palavras é mais uma expressão do histórico e injusto desprestígio dos canhotos?” (Lucas Mantovani)

Caro Lucas, sua última frase mata a charada. Sim, as palavras “destro” (do latim dexter) e “destreza” têm estreita relação entre si. A segunda derivou da primeira com o simples acréscimo do sufixo -eza.

Continua após a publicidade

Ocorre que o destro se esbalda na ditatura da maioria, algo que em momentos mais obscurantistas da história chegou a custar muito caro ao time dos canhotos, que tem Lionel Messi (foto) envergando a camisa 10.

A ponte entre as acepções de “que usa preferencialmente a mão ou o pé direito” e “hábil, expedito” se funda no fato de que, para algo em torno de 90% da humanidade, o membro do lado esquerdo é realmente “desajeitado, canhestro, torto” – não por acaso, sinônimos dicionarizados de “esquerdo”.

O histórico sentido negativo de esquerdo como desviante chega ao paroxismo de um brasileirismo informal atribuir a “canhoto” o sentido de “diabo”.

É evidente que, como você especula, um canhoto pode, sim, ser extraordinariamente destro (no sentido de “hábil”) naquilo que faz – no caso de certos esportes, o chamado sinistrismo chega a ser considerado uma vantagem.

No entanto, como em seu sentido original as palavras estão em oposição direta, dizer que um canhoto tem destreza pode soar meio gauche – a menos que se queira justamente explorar o humor paradoxal da expressão. Para isso existem sinônimos como “habilidade” e “perícia”.

*

Envie sua dúvida sobre palavra, expressão, dito popular, gramática etc. Às segundas, quartas e quintas-feiras o colunista responde ao leitor na seção Consultório. E-mail: sobrepalavras@todoprosa.com.br

Continua após a publicidade
Publicidade