Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O que o picareta tem a ver com a picareta?

picaretaA pergunta acima tem mais de uma resposta. Se dermos crédito ao etimologista brasileiro Silveira Bueno, o único em quem encontrei uma tese sobre o assunto, a relação é simples: o picareta teria vindo diretamente da picareta, por sentido figurado.

Em outras palavras, a acepção informal de “pessoa embusteira, aproveitadora, que recorre a expedientes acanalhados para se dar bem”, um brasileirismo consagrado mas de datação imprecisa, seria uma extensão do primeiro sentido da palavra, existente em português desde o século XVI – o de “instrumento próprio para cavar a terra e revolver pedras”.

E como se chegou a isso? Por metáfora, é o palpite de Bueno, que se baseia na ideia de que o picareta “em tudo mete a cara para cavar dinheiro, emprego”. O picareta seria então o cavador. Ponto final?

Não. A segunda resposta possível à pergunta do título é um pouco menos simples, mas talvez mais completa. Embora esteja fora de questão que o picareta (enganador) é uma extensão de sentido do vocábulo picareta (instrumento), a hipótese que lanço aqui é a de que essa ampliação semântica não se deu por metáfora e sim por influência da palavra “pícaro”, que quer dizer justamente “ardiloso, trapaceiro, velhaco”.

Hoje de uso restrito aos estudos literários, o pícaro ou personagem picaresco (termos do século XVII) já gozou na linguagem comum de uma circulação proporcional à do gênero de literatura popular que representava. E é um sinônimo praticamente perfeito de picareta.

Uma curiosidade adicional é que, embora “pícaro” seja uma palavra de origem obscura para a maioria dos estudiosos, há quem acredite que o espanhol, de onde a importamos, a retirou da mesma matriz de onde saiu a picareta: o verbo “picar”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Bob do mato

    Em muitas cidades que conheci, o local destinado ao livre comércio de veículos usados é chamado de “pedra”. Os picaretas são homens que ficam na rua fazendo oferta pelos carros que passam. achava que picareta era porque eles trabalhavam na pedra. Também não faço idéia de porque chama pedra. Nem se uma e outra aplicação das palavras têm qualquer relação. Mas é usual em várias cidades brasileiras chamar de pedra a feira de carros usados.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Don Gately

    Alpinistas sociais são picaretas; alpinistas profissionais precisam de picaretas. (rsrs)

    Curtir