Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Sobre Palavras Por Sérgio Rodrigues Este blog tira dúvidas dos leitores sobre o português falado no Brasil. Atualizado de segunda a sexta, foge do ranço professoral e persegue o equilíbrio entre o tradicional e o novo.

A miss que fez a Venezuela chorar

A venezuelana Génesis Carmona (foto), Miss Turismo de Carabobo, não pertencia à elite da categoria, mas afinal de contas carregava o título de miss no país que é, provavelmente, o último do mundo a atribuir a concursos de beleza a importância que eles tiveram para a cultura de massa em meados do século passado. Isso […]

Por Sérgio Rodrigues Atualizado em 31 jul 2020, 04h24 - Publicado em 21 fev 2014, 17h00

miss venezuelana morta nos protestosA venezuelana Génesis Carmona (foto), Miss Turismo de Carabobo, não pertencia à elite da categoria, mas afinal de contas carregava o título de miss no país que é, provavelmente, o último do mundo a atribuir a concursos de beleza a importância que eles tiveram para a cultura de massa em meados do século passado. Isso adicionou drama à repercussão de sua morte, quarta-feira, após levar um tiro na cabeça no dia anterior, durante manifestação contra o governo de Nicolás Maduro.

Miss, que os lexicógrafos recomendam em vão que se escreva com itálico, é uma palavra da língua inglesa que, antes de passar a nomear (na segunda década do século XX) as vencedoras de concursos de beleza, já tinha cerca de 350 anos de uso como forma de tratamento respeitoso dispensado a mulheres solteiras.

Forma reduzida de mistress (“senhora”), miss se situa numa linhagem que, passando pelo francês maistresse (feminino de maistre, “mestre, senhor”), vai bater no latim magister, “o que manda, dirige, ordena”.

A expressão Miss America já era usada no século XIX nos EUA, mas apenas em referência à jovem americana ideal ou, em determinadas situações, aos “Estados Unidos personificados como uma jovem”, segundo o dicionário etimológico de Douglas Harper. O primeiro concurso de beleza com tal nome foi realizado em 1922. As versões internacionais Miss Mundo e Miss Universo datam da década de 1950.

Continua após a publicidade
Publicidade