Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem Trabalho e Cultura, ministério de Bolsonaro será sustentado pelos pais

Sem esportes, o ministério engorda cada vez mais

 

O ministério de Bolsonaro entrou para a estatística do nem-­nem. Nem trabalha, nem estuda, nem deixou ninguém feliz. O ministério passa o dia todo jogando videogame e só fala com a família quando o wi-fi cai. Sem esportes, o ministério engorda cada vez mais.

O Ministério dos Direitos Humanos não tinha titular até o meio da semana passada. Mas já providenciaram um pau de arara para que alguém assuma isso aí, tá o.k.?

O governo teve muitas fusões e confusões. No fim, áreas como a Cultura estão fundidas. Na campanha, Bolsonaro disse que teria quinze ministérios e acabou ficando com 22. Uma prova de que o seu governo já começa fazendo mais do que prometeu.

Publicado em VEJA de 12 de dezembro de 2018, edição nº 2612

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s