Clique e assine a partir de 9,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Sara Winter testa negativo para ser humano

A terrorista em liberdade recebeu mais um diagnóstico

Por Sensacionalista - Atualizado em 20 ago 2020, 20h22 - Publicado em 21 ago 2020, 06h00

Após apresentar sintomas como hipocrisia, falta de empatia e exposição de menor de idade, a terrorista em liberdade Sara Giromini recebeu mais um diagnóstico. Desta vez, ela foi identificada como portadora de humanidade baixa — uma síndrome que vem acometendo muitas pessoas que se intitulam pró-vida. A doença já é considerada uma epidemia no Brasil e só se agravou em associação com a Covid-19.

Especialistas recomendam que pessoas no estágio avançado da doença, como é o caso de Sara, sejam mantidas em isolamento total, com direito a apenas uma hora de banho de sol por dia. Portadores de casos mais leves devem, no mínimo, ficar afastados das redes sociais para que a desumanidade pare de viralizar.

Publicado em VEJA de 26 de agosto de 2020, edição nº 2701

Publicidade