Clique e assine com até 92% de desconto
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Milhares de fiéis fazem fila para ver o milagre do tucano preso

Pássaro arisco, o tucano tem um bico grande e se alimenta muitas vezes de propina, que ele prefere chamar de caixa dois

Por Sensacionalista 25 Maio 2018, 06h00

Diante das dificuldades de distribuição da revista decorrentes da greve dos caminhoneiros, VEJA, em respeito aos seus assinantes, está abrindo seu conteúdo integral on-line.
Romeiros de todo o país estão caminhando para ver algo inédito. A decisão de mandar prender Eduardo Azeredo colocará pela primeira vez um tucano de alta plumagem atrás das grades.

Pássaro arisco, o tucano tem um bico grande e se alimenta muitas vezes de propina, que ele prefere chamar de caixa dois. Apesar de ser uma ave de grande porte, o tucano sempre consegue afinar e escapar pelo espaço das grades.

Com a prisão, outro pássaro terá que mudar de repertório. O petista-de-peito-vermelho não vai mais poder cantar aos quatro cantos que sofre perseguição.

Publicado em VEJA de 30 de maio de 2018, edição nº 2584

Continua após a publicidade
Publicidade