Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Kajuru é indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante

A sua performance no curta “A gravação” arrebatou a crítica

Por Sensacionalista Atualizado em 15 abr 2021, 20h50 - Publicado em 16 abr 2021, 06h00

Embora a produção audiovisual brasileira esteja praticamente parada, o senador Jorge Kajuru conseguiu um feito. A sua performance no curta “A gravação” arrebatou a crítica e ele foi indicado ao Oscar.

Há dificuldades em categorizar seu gênero. Comédia talvez seja o mais apropriado, mas há quem saia chorando de desespero depois de sua exibição. Os diálogos são inverossímeis. O personagem principal, por exemplo, parece estar preocupado com o bem do Brasil.

Humoristas sentiram falta do punchline, a frase final que arremata a piada: “O protagonista é um conhecido xingador. No fim tinha um xingamento com rima óbvia com Kajuru que não foi feito: ‘Ei, Kajuru, vai… ganhar um Oscar?’”.

Publicado em VEJA de 21 de abril de 2021, edição nº 2734

Continua após a publicidade
Publicidade