Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Esperando dia D e hora H, brasileiro vive momento de M

O Brasil assiste todos os dias a mais um capítulo da série de terror em que se transformou a vida nacional

Por Sensacionalista Atualizado em 14 jan 2021, 14h36 - Publicado em 15 jan 2021, 06h00

Desde março com o C na mão, o Brasil assiste todos os dias a mais um capítulo da série de terror em que se transformou a vida nacional. Na semana passada, o cidadão que está vivo e ainda tem um mínimo de discernimento assistiu, P da vida, a mais uma fala irritadiça e impaciente do general da Saúde, Eduardo Pazuello.

Falando à imprensa como quem fala aos soldados do campo inimigo, o ministro que acredita piamente estar fazendo algum favor aos brasileiros marcou o início da vacinação num calendário fictício, a hora H do dia D, mostrando que o país vive um momento M e tem um governo classe Z que nunca entende o X da questão. Segundo fontes, quase chegou a dizer que a vacina estaria disponível no dia 30 de fevereiro — piada que seu chefe certamente aprovaria. Tá F.

Publicado em VEJA de 20 de janeiro de 2021, edição nº 2721

Publicidade