Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Doria vai à prefeitura se despedir e servidores não o reconhecem

"Ele ficou pouco tempo e está sempre fantasiado de outra coisa", justificou um dos porteiros

Por Sensacionalista 16 mar 2018, 06h00

Mesmo tendo prometido em 2016 que cumpriria o mandato de prefeito até o fim, João Doria Jr. se lançou como pré-candidato ao governo de São Paulo. Ao tentar se despedir de sua equipe, foi barrado por seguranças que não o reconheceram na entrada da prefeitura. “Ele ficou pouco tempo e está sempre fantasiado de outra coisa. Não deu pra fixar o rosto, mesmo ele usando Botox”, justificou um dos porteiros. Para tentar consertar, os seguranças deram flores a Doria, mas ele jogou todas no chão.

Após diversas tentativas de se comunicar com servidores e secretários para conseguir entrar em seu gabinete, o quase ex-prefeito acabou desistindo e voltando para seu escritório particular, onde já trabalha na campanha para a prefeitura em 2020. Difícil vai ser acreditarem no que ele promete.

Publicado em VEJA de 21 de março de 2018, edição nº 2574

Publicidade