Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Discurso de Bolsonaro em Davos é murcho e pequeno, e ele culpa o frio

O presidente disse também que até procurou catuaba e paçoca num bandejão local para melhorar a performance mas não encontrou

O discurso de seis minutos de Jair Bolsonaro decepcionou investidores e jornalistas reunidos em Davos. O presidente culpou as baixas temperaturas suíças pela fala encolhida. Disse também que até procurou catuaba e paçoca num bandejão local para melhorar a performance mas não encontrou: “Falei com o Paulo Guedes e vamos exportar 20 bilhões de dólares em catuaba para a Suíça”.

Um assessor negou que tenha sido o autor do discurso de Bolsonaro. Segundo ele, ninguém é autor do discurso, nem mesmo Bolsonaro.

Quando foi cobrado por investidores sobre as reformas, Bolsonaro respondeu: “Eu sou capitão reformado, portanto no tocante a reformas eu sou especialista nessa coisa toda aí, tá o.k.?”.

Após o discurso, Paulo Guedes foi visto tentando pedir asilo político à comitiva de um país europeu.

Publicado em VEJA de 30 de janeiro de 2019, edição nº 2619

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s