Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Sensacionalista Por Blog Isento de verdade

Discurso de Bolsonaro em Davos é murcho e pequeno, e ele culpa o frio

O presidente disse também que até procurou catuaba e paçoca num bandejão local para melhorar a performance mas não encontrou

Por Sensacionalista - 25 jan 2019, 07h00

O discurso de seis minutos de Jair Bolsonaro decepcionou investidores e jornalistas reunidos em Davos. O presidente culpou as baixas temperaturas suíças pela fala encolhida. Disse também que até procurou catuaba e paçoca num bandejão local para melhorar a performance mas não encontrou: “Falei com o Paulo Guedes e vamos exportar 20 bilhões de dólares em catuaba para a Suíça”.

Um assessor negou que tenha sido o autor do discurso de Bolsonaro. Segundo ele, ninguém é autor do discurso, nem mesmo Bolsonaro.

Quando foi cobrado por investidores sobre as reformas, Bolsonaro respondeu: “Eu sou capitão reformado, portanto no tocante a reformas eu sou especialista nessa coisa toda aí, tá o.k.?”.

Após o discurso, Paulo Guedes foi visto tentando pedir asilo político à comitiva de um país europeu.

Publicidade

Publicado em VEJA de 30 de janeiro de 2019, edição nº 2619

Publicidade