Clique e assine a partir de 9,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Conteúdo impróprio: eleitores querem censurar foto de Crivella na urna

Uma medida para 2020

Por Sensacionalista - Atualizado em 13 set 2019, 09h24 - Publicado em 13 set 2019, 06h30

O prefeito Marcelo Crivella causou revolta ao mandar fiscais recolher um livro de história em quadrinhos em que, em uma das páginas, dois homens se beijam. Segundo ele, os livros deveriam ser marcados como impróprios para menores e embalados em sacos pretos. A cidade do Rio de Janeiro, que já está dentro de um saco preto esperando o IML chegar, gastou dinheiro público para mandar fiscais e a guarda municipal à Bienal do Livro praticar censura.

Isso fez com que eleitores queiram que a foto de Crivella seja censurada na urna em 2020. A justificativa é que ele está fazendo um mandato indecente.

Publicado em VEJA de 18 de setembro de 2019, edição nº 2652

Publicidade