Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Brasileiro: de especialista em Constituição a mestre em América Latina

Em apenas três dias

Por Sensacionalista Atualizado em 15 nov 2019, 11h13 - Publicado em 15 nov 2019, 06h00

Dias depois de afirmar que sabe mais sobre a Constituição de 1988 do que Ulysses Guimarães, o usuário de redes sociais brasileiro dá novo sinal de genialidade. Em menos de 72 horas, os mestres em direito constitucional — que sabem mais que os onze ministros do STF sobre prisão em segunda instância — se tornaram doutores em política externa latino-americana. Alguns até descobriram ter sangue uru-aimará, como Evo Morales. Outros juraram de pés juntos ter estado em Chuquisaca quando a independência do país foi declarada, em 1825.

Bolsonaro também se manifestou e disse que o problema está no sistema eleitoral. Nem urna eletrônica, nem voto de papel. Segundo o presidente, o melhor sistema de votação que existe atualmente é o voto por corrente de WhatsApp.

Publicado em VEJA de 20 de novembro de 2019, edição nº 2661

Publicidade