Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro vai implantar rodízio de cocô nas grandes capitais

Quem não tem carro deverá fazer o número 2 de acordo com a data de nascimento, par ou ímpar

Mostrando que já se preocupa mais com o meio ambiente do que com a consistência do pão com leite condensado, Jair Bolsonaro pediu a sua equipe para organizar um rodízio de cocô nas grandes capitais brasileiras. A ordem deve começar com São Paulo, para seguir o critério das placas de carros. Quem não tem carro deverá fazer o número 2 de acordo com a data de nascimento, par ou ímpar. O presidente pede a fiscalização ferrenha das carteiras de identidade falsas. Salvador será a última a aderir, devido à forte presença do dendê na gastronomia local. A fiscalização do rodízio não deverá ser tão difícil, porque o governo Bolsonaro já é especialista em tomar conta do que as pessoas fazem com o ânus.

Para dar exemplo aos cidadãos brasileiros, o presidente anunciou que também vai entrar na dieta e promete falar merd* um dia sim, outro não. Se a questão ambiental não melhorar logo, estenderá a regra a filhos e ministros.

Publicado em VEJA de 21 de agosto de 2019, edição nº 2648

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s