Clique e assine a partir de 9,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Bolsonaro troca pão com leite condensado por tapioca com rapadura

Ele fará suas próximas lives deitado numa rede

Por Sensacionalista - Atualizado em 20 ago 2020, 20h22 - Publicado em 21 ago 2020, 06h00

Em sua quarta viagem ao Nordeste em apenas vinte dias, o presidente não só usa chapéu de couro como tem aulas de prosódia. Ele fará suas próximas lives deitado numa rede, e a já tradicional sanfona só vai tocar Luiz Gonzaga. Em vez de “tá o.k.?”, vai passar a falar “visse?”. Todo esforço é pouco para conquistar a única região do Brasil em que ele não saiu vitorioso nas eleições de 2018 — e agora é a que mais recebe o auxílio emergencial, o que está aumentando sua popularidade.

A cozinha do Palácio também já recebeu diretrizes para abusar do baião de dois e do acarajé. Entre os doces, só o cuscuz é proibido, porque o presidente diz que parece “gayzice”. Na última semana, Bolsonaro foi visto no Planalto tentado dançar frevo. Só mexia um pé. Nada mau para quem faz flexões mexendo só o pescoço.

Publicado em VEJA de 26 de agosto de 2020, edição nº 2701

Publicidade