Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Bolsonaro pede a eleitores que não acreditem no WhatsApp

Após o comunicado, presidente encaminhou uma foto de Bebianno ao lado de Che Guevara queimando livros de Olavo de Carvalho

Por Sensacionalista 22 fev 2019, 07h00

O presidente Jair Bolsonaro mantém a versão de que não falou com o ex-ministro Gustavo Bebianno, apesar de os áudios e mensagens trocados pelos dois via WhatsApp terem sido vazados. O anúncio de Bolsonaro foi feito através de uma corrente de WhatsApp.

Após o comunicado, Bolsonaro encaminhou uma foto de Bebianno ao lado de Che Guevara queimando livros de Olavo de Carvalho. “É real essa foto, tá o.k.? Um abraço aí!”

Bebianno, por sua vez, divulgou novas conversas com Bolsonaro. O ex-ministro tem provas de acusações graves: Bolsonaro teria o hábito de enviar áudios de mais de cinco minutos e de ainda mandar o gemidão do Zap em pleno 2019.

Publicado em VEJA de 27 de fevereiro de 2019, edição nº 2623

Continua após a publicidade

Publicidade