Clique e assine com 88% de desconto
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Após visitar os EUA, Eduardo Bolsonaro quer Mickey no comando da Cultura

Para o filho do presidente eleito, é preciso ter alguém na cultura que não sobreviva da mamatinha da Lei Rouanet

Por Sensacionalista - 30 nov 2018, 07h00

O filho do presidente Jair Bolsonaro voltou de sua viagem com muito mais do que um chapéu de Mickey na cabeça. Ele quer o ratinho no comando do Ministério da Cultura. Para Eduardo, é preciso ter alguém na cultura que não sobreviva da mamatinha da Lei Rouanet. Mickey já provou que, quando um artista tem talento, não precisa da ajuda do governo.

A chegada do ratinho poderia trazer até mesmo parques temáticos ao país. A família Bolsonaro já sonha com a Trumplândia. Um parque todo laranja, com uma montanha-russa na forma do topete do presidente americano. Mas a maior atração seria um grande muro onde as pessoas poderiam praticar tiro ao alvo em quem tentasse atravessar.

Publicado em VEJA de 5 de dezembro de 2018, edição nº 2611

Publicidade