Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Ricardo Rangel

Mudança no ICMS: errada por qualquer ângulo que se observe

Não surpreende que Bolsonaro e Arthur Lira tenham inventado uma "solução" tão ruim

Por Ricardo Rangel Atualizado em 14 out 2021, 18h44 - Publicado em 14 out 2021, 20h00

A mudança da base de cálculo do ICMS, aprovada na Câmara, consegue ser um desastre por qualquer ângulo que se a observe.

1. É interferência indevida da União nos estados.

2. É subsídio de combustível fóssil.

3. Aumenta a complexidade tributária, que já é monstruosa.

4. Gera perda de arrecadação em um momento em que os estados estão com sérias dificuldades financeiras.

5. É uma medida paliativa, não ataca o problema em si.

6. Tem motivação eleitoreira e é agressiva e desleal com os governadores, que Bolsonaro considera desafetos.

Considerando que a “solução” foi criada a quatro mãos por Jair Bolsonaro e Arthur Lira, estranho seria que não fosse assim.

Continua após a publicidade
Publicidade