Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Ricardo Rangel

Bolsonaro acha a seringa cara. Já a vida…

A vida do brasileiro está valendo menos do que uma seringa

Por Ricardo Rangel 6 jan 2021, 13h20

Bolsonaro achou caros os 30 milhões de seringas cuja compra foi acertada por Pazuello com três fabricantes.

Disse que “os preços dispararam” e mandou suspender. Diz que a compra vai ficar suspensa até que os preços voltem “à  normalidade” (quem sabe em 2023).

Não se sabe qual foi o preço acertado por Pazuello, já que o negócio foi feito sem licitação e o Ministério da Saúde não divulgou o valor. Mas sabe-se que o leilão fracassado previa 13 centavos e que o preço de mercado varia entre 22 e 48 centavos.

Supondo-se que os preços tenham dobrado, o custo para inocular a vacina em cada brasileiro continua abaixo de 1 real.

Bolsonaro acha caro.

Não se sabe que preço Bolsonaro aceita pagar para salvar a vida dos brasileiros.

 

Continua após a publicidade
Publicidade