Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Vereador tucano de Campinas reage a José Dirceu, diz que “lama atrai lama” e que MP considera petista “chefe de quadrilha”

No Globo: Depois de o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu (PT), defender em seu blog o prefeito de Campinas (SP), Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio (PDT), na semana passada, o vereador tucano Artur Orsi, autor do pedido de impeachment contra o prefeito, divulgou uma “Carta Aberta a José Dirceu”, na qual afirma […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 11h34 - Publicado em 21 jun 2011, 07h35

No Globo:
Depois de o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu (PT), defender em seu blog o prefeito de Campinas (SP), Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio (PDT), na semana passada, o vereador tucano Artur Orsi, autor do pedido de impeachment contra o prefeito, divulgou uma “Carta Aberta a José Dirceu”, na qual afirma que “lama atrai lama”. Na carta, o tucano afirma que José Dirceu, ao fazer a defesa de Dr. Hélio, segue a “cartilha lulista”, da qual foi “co-autor”.

O prefeito enfrenta uma Comissão Processante na Câmara Municipal, que pode resultar na cassação de seu mandato. A primeira-dama da cidade, Rosely Nassim Jorge Santos, ex-chefe de gabinete de Dr. Hélio, é apontada pelo Ministério Público como chefe de um suposto esquema de fraudes em contrato público. O vice-prefeito da cidade, Demétrio Vilagra (PT), também aparece no relatório dos promotores como envolvido no suposto esquema de desvios de verbas da prefeitura. Ambos já foram denunciados por corrupção, formação de quadrilha e fraudes. Eles negam as acusações.

Na carta aberta contra Dirceu, o vereador tucano diz para o ex-ministro “dobrar a língua” por criticar a atuação do Ministério Público e cita o envovimento do petista no escândalo do “mensalão”.

“Aqui não senhor José Dirceu. Aqui não. Dobre sua língua ao falar do Ministério Público de São Paulo. Ele não é feito do mesmo barro que o senhor e seus amigos”, diz um trecho da carta.

José Dirceu publicou em seu blog na quinta-feira passada que as investigações em Campinas violam os “direitos individuais” e que os promotores são movidos por “objetivos eleitorais”.

Continua após a publicidade

“O que vemos em Campinas é mais um caso de violação flagrante dos direitos individuais, a pretexto de combater a corrupção. Mais um exemplo de uso político de investigações do Ministério Público de São Paulo, de objetivos eleitorais e ação política travestidos de luta pela ética. E o pior de tudo, mais um caso de encobrimento de denúncias contra o PSDB e de envolvimento do PT sem provas e evidências”, escreveu o ex-ministro.

Orsi rebateu Dirceu com veemência em sua carta aberta:
“Lama atrai lama. Assim como os lobos preferem viver em alcatéia, agrega-se um novo personagem no maior escândalo de corrupção de nossa cidade. Com seus direitos políticos cassados até 2015, o ex-chefe da Casa Civil do Presidente Lula, citado no processo do mensalão que tramita no STF como chefe de quadrilha, o ex-dirigente petista vem em auxílio de outro chefe de quadrilha”, escreveu o tucano.

“Sai prá lá José Dirceu. Vá vender suas consultoriazinhas em outra freguesia! Porque aqui tem gente de fibra. Gente séria que não compactua com crimes. Aqui, senhor José Dirceu, não é o seu lugar”, diz outro trecho. As supostas fraudes foram denunciadas ao Ministério Público de São Paulo pelo ex-presidente da Sanasa (empresa de saneamento da cidade), Luiz Aquino, amigo de infância de Dr. Hélio. Aquino foi beneficiado pela delação premiada.

No último fim de semana, Dirceu e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estiveram em Sumaré (SP), na região de Campinas, em uma clara demonstração de apoio a Dr. Hélio. Dr. Hélio é amigo de Lula e teve o apoio dele para se eleger prefeito da cidade. “Eu to de saco cheio de ver companheiro acusado, humilhado, e depois não se provar nada”, discursou Lula no encontro com petistas no sábado, em Sumaré, referindo-se ao escândalo na prefeitura de Campinas.

Dirceu também defendeu Dr. Hélio no encontro. “Quando fizeram o que fizeram comigo, Dr. Hélio teve coragem de me defender publicamente”, disse Dirceu no encontro dos petistas em Sumaré no sábado.

Continua após a publicidade
Publicidade