Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

VEJA 3 – Diogo Mainardi – Dois mil anos depois…

Roma tinha Trimalchio. Agora tem Berlusconi. Trimalchio é um dos protagonistas de Satyricon. No romance de Petrônio, Trimalchio oferece uma ceia em sua propriedade. Mais do que uma ceia: uma orgia. Assim como Berlusconi, Trimalchio é um homem rico. Assim como Berlusconi, Trimalchio se cerca de parasitas. Quando Trimalchio, num determinado momento da ceia, pega […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 17h22 - Publicado em 27 jun 2009, 07h07

Roma tinha Trimalchio. Agora tem Berlusconi.

Trimalchio é um dos protagonistas de Satyricon. No romance de Petrônio, Trimalchio oferece uma ceia em sua propriedade. Mais do que uma ceia: uma orgia. Assim como Berlusconi, Trimalchio é um homem rico. Assim como Berlusconi, Trimalchio se cerca de parasitas. Quando Trimalchio, num determinado momento da ceia, pega um belo rapaz menor de idade e o beija prolongadamente, sua mulher Fortunata o acusa de ser incapaz de “conter sua libidinosidade”. Quando Berlusconi, dois meses atrás, compareceu à festa de 18 anos de uma bela napolitana, sua mulher Veronica acusou-o de “estar doente” e de se relacionar com menores de idade.

Roma tinha Petrônio. Agora tem Patrizia D’Addario.

Patrizia D’Addario é uma prostituta. Ela alega ter participado de duas ceias dionisíacas no palácio barroco do primeiro-ministro italiano. Na última semana, ela relatou os detalhes do Satyricon berlusconiano aos repórteres do jornal La Repubblica e aos procuradores de Bari, que investigam o assunto. A primeira ceia, com cerca de vinte mulheres, teria ocorrido em meados de outubro do ano passado. Duas das mulheres seriam prostitutas lésbicas que trabalhariam em dupla. Se a ceia de Trimalchio tinha iguarias preparadas com carne de porco, a de Berlusconi, de acordo com Patrizia D’Addario, foi bem mais frugal: tagliatelle com cogumelos e carne com batatas. Aqui

Continua após a publicidade

Publicidade