Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Um vermelho e azul com Lula

Abaixo, trechos da fala de Lula sobre a CPMF em vermelho. Eu em azul. “Eu penso que está na hora de as pessoas pensarem um pouco no país ao invés de pensarem apenas nas próximas eleições ou pensarem em marcar posições. […] Tem o tempo para fazer o discurso, tem o tempo para marcar posição […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 23 fev 2017, 10h15 - Publicado em 19 nov 2007, 15h26
Abaixo, trechos da fala de Lula sobre a CPMF em vermelho. Eu em azul.

“Eu penso que está na hora de as pessoas pensarem um pouco no país ao invés de pensarem apenas nas próximas eleições ou pensarem em marcar posições. […] Tem o tempo para fazer o discurso, tem o tempo para marcar posição e certamente alguns senadores não estão sabendo o que o dinheiro da CPMF causa de benefício nesse país. É importante lembrar que, este ano, 40% do orçamento do Ministério da Saúde vêm de dinheiro da CPMF.”
– Quando Lula liderou campanha contra a CPMF, no governo FHC, ele pensava no país;
– Quando Lula liderou campanha contra o Plano Real, ele pensava no país;
– Quando Lula liderou campanha contra a reforma da Previdência, ele pensava no país;
– Quando Lula liderou campanha contra as privatizações, ele pensava no país.
– Quando Lula liderou campanha contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, levando o PT a recorrer ao STF, ele pensava no país.

“Eu quero saber quem vai explicar para os prefeitos do Brasil, para os governadores do Brasil e para os pacientes do SUS [Sistema Único de Saúde] a hora que não tiver o dinheiro para fazer essa quantidade de atendimento”.
– A oposição poderia explicar à população que parte do dinheiro da Saúde está sendo gasta na inútil TV pública;
– A oposição poderia explicar à população que parte do dinheiro da Saúde está sendo consumida no aumento com o gasto do funcionalismo — pagar a companheirada;
– A oposição poderia explicar à população que o dinheiro para a Saúde existe e foi fornecido pelo brutal aumento da arrecadação de impostos.

“De vez em quando eu vejo o discurso de alguns senadores dizendo que ao não aprovar a CPMF vão criar problema para o governo. Não vão criar problema para o governo, vão criar problema para a sociedade brasileira.”
Claro, claro. Ou a oposição faz o que Lula quer, ou ela está contra a sociedade. O que Lula não diz é que, na ponta do lápis, o governo tem o número de senadores de que precisa para aprovar a CPMF. Há uma falha lógica em seu raciocínio, que é muito típica. Se ele não consegue unir os partidos com os quais divide o butim, por que cabe à oposição aprovar o projeto do governo? Parece que Lula ataca as oposições porque elas se negam, na hora de carregar o piano, a se comportar como governo.

Publicidade