Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

PT vai pra campanha para defender legenda. Pergunta: de onde sairá a bufunfa?

Escolha do partido custa muito dinheiro — um dinheiro que, hoje, ninguém tem porque, oficialmente, não haverá nem doações de empresas nem financiamento público. De onde o PT vai tirar tanta grana, hein?

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h39 - Publicado em 25 jan 2016, 16h48

O PT pretende usar as eleições municipais de outubro, informa a Folha, para fazer a defesa do partido. Há pré-candidatos lançados em ao menos 20 das 26 capitais brasileiras. Em muitas cidades, a legenda vai levar à disputa nomes pouco conhecidos, cuja função é fazer a defesa do nome da legenda. Segundo o vice-presidente nacional do partido, Alberto Cantalice, a ideia é usar a campanha para abordar o “legado” petista no governo federal e mostrar nas disputas locais programas como o Mais Médicos e o Minha Casa Minha Vida.

As eleições municipais devem marcar também um distanciamento entre PT e PMDB. Antigos aliados em São Luís, Maceió e Belém, por exemplo, os petistas devem lançar candidatura própria ou apoiar candidatos do PDT ou PCdoB nesses locais. A única cidade onde vai permanecer a aliança será o Rio de Janeiro.

O que me interessa nessa notícia é outra coisa: fazer essa escolha custa dinheiro, não é mesmo? Um dinheiro que, hoje, ninguém tem porque, oficialmente, não haverá nem doações de empresas nem financiamento público.

De onde o PT vai tirar tanta grana, hein?

Continua após a publicidade
Publicidade