Clique e assine a partir de 8,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

PT quer o monopólio da mentira e também da crítica

Ai, ai… Quando eu começo assim, é porque estou como Machado de Assis, com a pena da galhofa e a tinta da melancolia. O PT, acreditem vocês, decidiu recorrer à Justiça Eleitoral contra PSDB e o PSB — ou seja, contra as campanhas de Aécio Neves e Marina Silva. Sim, leitores amigos! Rui Falcão, presidente […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 03h01 - Publicado em 24 set 2014, 20h56

Ai, ai…

Quando eu começo assim, é porque estou como Machado de Assis, com a pena da galhofa e a tinta da melancolia. O PT, acreditem vocês, decidiu recorrer à Justiça Eleitoral contra PSDB e o PSB — ou seja, contra as campanhas de Aécio Neves e Marina Silva. Sim, leitores amigos! Rui Falcão, presidente do PT, diz que os adversários, calculem vocês, estão recorrendo a baixarias. Sim, é uma piada, só que involuntária.

E do que o PT não gostou na campanha de Marina? A propaganda eleitoral do PSB sustentou em seu programa que a Petrobras virou caso de polícia. Não me diga que o PT está escandalizado com isso!!! Eu estou enganado, ou dois inquéritos da Polícia Federal investigam lambanças na estatal? Eu estou enganado, ou o TCU mandou suspender repasses de recursos a refinarias em razão de suspeita de irregularidades? Eu estou enganado, ou Paulo Roberto Costa acusa pagamento de propina na compra da refinaria de Pasadena? Ele próprio, aliás, diz ter recebido R$ 1,5 milhão. Rui Falcão não quer que esse tema apareça na campanha eleitoral?

E do que os petistas não gostaram na campanha do PSDB? Os tucanos, imaginem vocês, acusam os petistas de não ter cumprido as suas promessas. Ora, mas só o principal partido de oposição diz isso? Não! Segundo o levantamento da ONG Contas Abertas, o PAC que está no papel tem três vezes mais realizações do que o de verdade.

Os petistas agem como recomendava Lênin, o facinoroso: acuse os outros de praticar aquilo que você pratica. É uma das táticas mais sujas do jogo político. O PT já acusou Aécio Neves de querer cortar direitos trabalhistas — sem que o tucano jamais tivesse tocado no assunto. Em campanhas passadas, acusou José Serra e Geraldo Alckmin de querer privatizar a Petrobras, o que, infelizmente, é mentira. Se privatizada, convenham, não estaríamos sendo assaltados agora, não é mesmo? No momento, acusam Marina de querer arrancar comida do prato dos brasileiros e de pretender tirar R$ 1,3 trilhão da educação porque ela não teria a intenção de explorar o pré-sal.

Notem: há diferenças entre verdade e mentira. Que a Petrobras seja, hoje, um caso de polícia, é um fato. Que Dilma não tenha cumprido boa parte de suas promessas, idem. Já a afirmação de que o tucano queira cortar direitos trabalhistas ou a de que a peessebista vá tirar R$ 1,3 trilhão da educação são apenas pregações terroristas. Nem é o caso de afirmar que os petistas pretendem ter o monopólio da mentira. Ele querem também o monopólio da crítica. É patético!

Continua após a publicidade
Publicidade