Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

PT mete a mão grande na Casa de Rui Barbosa

A nomeação de Wanderley Guilherme dos Santos — ver posts abaixo — para a presidência da Fundação Casa de Rui Barbosa evidencia a interferência direta da ala mentalmente mais estreita do PT na instituição. O fato de Ana de Hollanda ser uma ministra fraca, sem experiência ou inserção política — a não ser aquele petismo […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 12h39 - Publicado em 3 mar 2011, 18h42

A nomeação de Wanderley Guilherme dos Santos — ver posts abaixo — para a presidência da Fundação Casa de Rui Barbosa evidencia a interferência direta da ala mentalmente mais estreita do PT na instituição. O fato de Ana de Hollanda ser uma ministra fraca, sem experiência ou inserção política — a não ser aquele petismo inercial de certa elite deslumbrada brasileira — , facilita essa espécie de assalto. No que concerne à orientação ideológica, tanto faz ter Santos ou Emir Sader. O primeiro é só mais discreto e tem uma abordagem menos circense das questões políticas.

O que é inegável? O partido meteu a mão grande na fundação, escolhendo para o cargo alguém alheio ao trabalho que se desenvolve lá. A nomeação não deixa de ser um desagravo ao demitido Emir. Guilherme dos Santos estava entre os intelectuais com os quais Emir contava renovar o pensamento na Fundação. Outra jovem promessa do pensamento escalada para a tarefa era Marilena Chaui, co-autora, com o nomeado de agora, da tese do “mensalão com golpe da mídia”.

São os dinossauros da renovação… Logo, logo, o pensamento brasileiro estará  na vanguarda do século 19.

Publicidade