Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PT já começa o trabalho “joga pedra no Skaf”

Que aliado o quê! O PT já avança contra Paulo Skaf, do PMDB, que aparece em segundo lugar na disputa pelo governo do Estado, na faixa dos 20% — o tucano Geraldo Alckmin transita na dos 40%. O petista, por enquanto, a depender do cenário, chega a um máximo de 4%. Os companheiros já estão […]

Que aliado o quê! O PT já avança contra Paulo Skaf, do PMDB, que aparece em segundo lugar na disputa pelo governo do Estado, na faixa dos 20% — o tucano Geraldo Alckmin transita na dos 40%. O petista, por enquanto, a depender do cenário, chega a um máximo de 4%. Os companheiros já estão inquietos. Pretendem repetir a estratégia da disputa pela Prefeitura em 2012: Fernando Haddad não emplacava de jeito nenhum, e tudo caminhava para uma disputa entre José Serra (PSDB) e Celso Russomanno, do PRB, partido que integra a base governista.

Não teve jeito: o PT avançou pra cima de Russomanno e pôs em ação a máquina de desqualificação. Fez picadinho do candidato — e contou, para tanto, com a ajuda de amplos setores da imprensa, é bom que fique claro. A equação continua simples: para que tenha a chance de governar São Paulo, o PT precisa disputar o segundo turno. Para tanto, tem de passar por Skaf.

E a campanha de desqualificação já começou, ainda leve. A equipe do petista acusa a do peemedebista de ter roubado seu slogan. Skaf promete “Uma mudança de verdade”. E Padilha diz que vem “para mudar de verdade”. De fato, as palavras são praticamente as mesmas, e o alvo de cada um deles é outro, que não representaria a real mudança.

Essa briga pode esquentar? É claro que sim! Só que os petistas contam com uma dificuldade adicional. O PMDB não é o PRB. Skaf é o candidato de Michel Temer, vice na chapa de Dilma. Os golpes abaixo da linha da cintura podem repercutir na campanha presidencial.

A assessoria do PT planta ainda por aí que o candidato do PMDB aproveita o fato de Padilha ser menos conhecido para copiar seu discurso. Não deixa de ser um argumento curioso. Por que alguém que tem 20% copiaria quem tem 4%? Paixão? O “joga pedra no Skaf já começou”. Não resta alternativa ao PT.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s