Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia Federal indicia 19 em inquérito sobre a Gerdau na Operação Zelotes

Entre os alvos, estão dirigentes da siderúrgica, advogados e conselheiros do Carf, ligado ao Ministério da Fazenda; eles devem responder por corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência

Na VEJA.com:

A Polícia Federal indiciou dezenove pessoas por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e tráfico de influência, no inquérito da Operação Zelotes que apura o envolvimento da siderúrgica Gerdau no esquema. Entre os alvos, estão membros da diretoria da empresa, advogados e conselheiros e ex-conselheiros do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). Os nomes não foram divulgados. Os indiciamentos constam do relatório final da 6ª fase da Zelotes, que foi encaminhado à Justiça na última sexta-feira.

Os investigadores suspeitam que a empresa tenha tentado sonegar até 1,5 bilhão de reais por meio de lobistas que pagavam propina no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). Em fevereiro deste ano, quando a 6ª etapa foi deflagrada, o CEO do grupo, André Bier Gerdau Johannpeter, filho do empresário Jorge Gerdau, chegou a ser levado coercitivamente para depor na Polícia e escritórios da empresa foram alvo de mandados de busca e apreensão.

Ao autorizar os mandados, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, afirmou que a Gerdau teve diversos julgamentos favoráveis no Carf, entre 2012 e 2014. O órgão, que é vinculado ao Ministério da Fazenda, tem a função de julgar recursos de empresas multadas na Receita Federal. A PF apura se essas decisões foram tomadas mediante pagamento de propina a agentes do Carf, que teriam recebido o dinheiro de lobistas subcontratados pela Gerdau.

Segundo a PF, o relatório tem 176 páginas e está “fartamente documentado” com material apreendido durante o cumprimento dos mandados na empresa. A polícia também apontou que os envolvidos continuaram praticando os crimes, mesmo após a deflagração da Zelotes, em março de 2015.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s