Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Os comunas fazem questão de oprimir como um pesadelo o cérebro dos vivos

Os comunistas e esquerdistas de maneira geral são tão materialistas, mas tão materialistas!, que não se despedem deste mundo nem mortos. Nicolás Maduro, o presidente ilegal e ilegítimo da Venezuela, anunciou que o corpo de Chávez será embalsamado — “como o de Lênin”, ele foi claríssimo. As honras fúnebres durarão sete dias. Que coisa! Alguns […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 06h43 - Publicado em 7 mar 2013, 22h36

Os comunistas e esquerdistas de maneira geral são tão materialistas, mas tão materialistas!, que não se despedem deste mundo nem mortos. Nicolás Maduro, o presidente ilegal e ilegítimo da Venezuela, anunciou que o corpo de Chávez será embalsamado — “como o de Lênin”, ele foi claríssimo. As honras fúnebres durarão sete dias.

Que coisa! Alguns esquerdistas xexelentos de Banânia (os há não xexelentos?) dizem aqui e ali que a direita já foi muito melhor! Referem-se sempre, claro! a pessoas mortas — não sei se vocês entendem a sutileza de pensamento… Pode ser. Mas e a esquerda, hein? Tá bom! Nunca foi muito melhor, mas talvez já tenha sido menos pior, hehe.

Chávez embalsamado? O farsante cucaracha vem numa sequência de outras múmias homicidas, todas comunas: Lênin, Stálin, Kim Il Sung, Ho Chi Min, Mao Tse-Tung… Os vampiros morais ficam lá, expostos, com a sua face de cera. Curioso, não é?, quando nos lembramos que o comunismo é oficialmente ateu…

Como não recuperar as palavras quase iniciais de Marx em “O 18 Brumário”? Reproduzo:
“Os homens fazem a sua própria história, mas não a fazem segundo a sua livre vontade; não a fazem sob circunstâncias de sua escolha, e sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado. A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos. E, justamente quando parecem empenhados em revolucionar-se a si e às coisas, em criar algo que jamais existiu, precisamente nesses períodos de crise revolucionária, os homens conjuram ansiosamente em seu auxilio os espíritos do passado, tomando-lhes emprestado os nomes, os gritos de guerra e as roupagens (…)”

Notem: os líderes comunistas foram embalsamos no período ainda da Guerra Fria. Exceção feita à Coréia do Norte, onde Kim Il-Sung ainda é tomado como referência incontrastável e a quem se atribuem verdadeiros milagres, as outras múmias não são mais do que atração turística hoje em dia. Repetir, em pleno século 21, o embalsamamento de um líder para que sirva de objeto de culto dá conta da degradação intelectual e moral a que chegou a política na Venezuela.

Vejam estas três imagens.

 

Temos, acima, a múmia de Lênin (1870-1924) — que quase foi enterrada pela Rússia pós-comunista porque é caro demais mantê-la — e o mausoléu que a abriga. É relativamente modesto se comparado a outros (já chego lá). Na sequência, está o corpo embalsamado de Stálin (1879-1953). Ficou exposto ao lado do Lênin até fevereiro de 1956. Depois que Krushev denunciou seus crimes, durante o XX Congresso do Partido Comunista, a múmia foi retirada do Mausoléu e enterradao nos muros do Kremlin.

Continua após a publicidade

Vocês verão que, quanto mais mixuruca o líder comunista, mais suntuoso é o mausoléu. Abaixo, estão o corpo embalsamado do líder comunista vietnamita Ho Chi Minh (1890-1969) e o prédio que lhe serve de túmulo. Nesse caso, justiça se faça, a sua vontade foi contrariada. Manifestou expressamente o desejo de ser cremado. Mas os comunistas precisam de mortos para oprimir o cérebro dos vivos.

Embora o maoísmo propriamente tenha sido enterrado na China (mas não a tirania, que fique bem claro!), o corpo de Mao Tse-Tung (1893-1976) permanece exposto à visitação, igualmente abrigado num prédio gigantesco. Vejam abaixo.

Nada, no entanto, se compara ao que se fez com com Kim Il-Sung, o ditador da Coréia do Norte (1912-1994), pai de Kim Jong-Il, que morreu em 2011. O mausoléu que abriga o corpo (abaixo) é o mais suntuoso de todos. Ou por outra: quanto mais mixuruca, mais prédio! Ao ex-ditador se atribuem virtudes do outro mundo. Ele seria capaz de mexer até com os elementos da natureza! O filhote assassino está alguns andares abaixo do corpo do pai (abaixo) no mesmo monumento..

A América Latina já viveu seu patético momento por causa de uma múmia — a de Evita Peron. Falo a respeito em outro post. Podem escrever aí: Chávez, ou seu corpo, pode inaugurar uma tradição na América Latina. Os populistas fazem questão de tiranizar o cérebro dos vivos.

Continua após a publicidade
Publicidade