Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Não há saída, Haddad!

É um pândego… Pois é, Haddad… O ministro da Educação está concedendo uma entrevista coletiva para tentar explicar o que aconteceu com a prova do Enem. Falou, falou, falou e… não explicou nada. No edital, está claro que cabe ao Inep(to) a revisão do material. Logo, não há como o órgão não se responsabilizar pelo […]

É um pândego…

Pois é, Haddad… O ministro da Educação está concedendo uma entrevista coletiva para tentar explicar o que aconteceu com a prova do Enem. Falou, falou, falou e… não explicou nada. No edital, está claro que cabe ao Inep(to) a revisão do material. Logo, não há como o órgão não se responsabilizar pelo cabeçalho errado, que acabou instruindo os estudantes a fazer o preenchimento invertido do gabarito. Das duas uma: ou o Inep não cumpriu a sua função e deixou de fazer a revisão. Ou ele a fez e endossou o erro. Pode-se ensaiar uma alternativa: o instituto teria percebido a inversão, pedido a mudança, mas a gráfica não teria atendido à solicitação. A resposta também não serviria. Nessa hipótese, o Inep deveria ter visto se a correção tinha sido feita ou não. Haddad  era mais convincente tentando explicar por que o moribundo sistema soviético era uma beleza…

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s