Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Não há impedimento para general presidir a Funai, mas ele não vai… presidir a Funai!

Ninguém no governo sabe como começou essa história. Ainda que general fosse crítico do golpe, não seria ele

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 22h20 - Publicado em 6 jul 2016, 16h30

De fato, não há nenhum impedimento para que o general Sebastião Roberto Peternelli Júnior seja presidente da Funai. Se ser favorável ao golpe militar de 64 — que as Forças Armadas chamam “Movimento Militar de 64” fosse obstáculo, seria preciso refazer as Três Forças desde o fim…

Ocorre que o general não será presidente da Funai. Até agora, no governo, ninguém sabe de quem foi a ideia.

Atenção! Não é que o general será desconvidado porque escreveu um dia uma mensagem saudando a ação desfechada no tempo em que ele tinha… nove anos!

É que isso nunca chegou a ser nem cogitado.

Continua após a publicidade

Publicidade