Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

MINAS JÁ É SERRA

Na coluna “Holofote”, de Felipe Patury, na VEJA: Michel Filho/ Ag.O Globo O comando petista alardeia ao público interno e à imprensa que sua candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, vencerá em Minas Gerais. Pode até ser, mas a tarefa não é nada fácil. Duas pesquisas feitas no estado apontam uma larga vantagem do […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 15h39 - Publicado em 27 mar 2010, 07h39

Na coluna “Holofote”, de Felipe Patury, na VEJA:

Michel Filho/
Ag.O Globo

O comando petista alardeia ao público interno e à imprensa que sua candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, vencerá em Minas Gerais. Pode até ser, mas a tarefa não é nada fácil. Duas pesquisas feitas no estado apontam uma larga vantagem do governador de São Paulo, José Serra, do PSDB, em relação à ministra. Em uma delas, Serra aparece com 18 pontos à frente. Na outra, a dianteira é de 14 pontos. Os dois levantamentos embasaram as conversas que Serra teve com o governador mineiro, Aécio Neves, e a equipe dele, para elaborar a estratégia da campanha tucana em Minas.

Sergio Lima/
Folha Imagem

O que quer Mercadante

Quem trocaria uma possível reeleição para o Senado por uma provável derrota ao governo de São Paulo? O petista Aloizio Mercadante usou esse argumento para exigir uma recompensa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-prefeita Marta Suplicy. Se perder mesmo a eleição para o Bandeirantes, ele quer disputar a prefeitura de São Paulo em 2012. Lula e Marta não vetaram a pretensão – mas não a aprovaram. Falta consenso também sobre a estratégia do PT paulista. Mercadante quer ser o único candidato governista no estado. O PT acredita, porém, que só evitará a vitória do tucano Geraldo Alckmin já no primeiro turno se insuflar nomes de outros partidos.

Publicidade