Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Marco Aurélio defende que partidos que desviam verba do Fundo Partidário sejam punidos

“A lei prevê punição, inclusive chegando-se a não só ao recolhimento dos valores, como também, se for o caso, a suspensão na participação desses partidos no rateio do Fundo Partidário. Não há norma que autorize esse gasto. Esse gasto é um gasto esdrúxulo, extravagante.” A fala acima é do ministro Marco Aurélio, do STF, e […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h52 - Publicado em 12 Maio 2014, 16h03

“A lei prevê punição, inclusive chegando-se a não só ao recolhimento dos valores, como também, se for o caso, a suspensão na participação desses partidos no rateio do Fundo Partidário. Não há norma que autorize esse gasto. Esse gasto é um gasto esdrúxulo, extravagante.”

A fala acima é do ministro Marco Aurélio, do STF, e ainda presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Ele se refere ao uso de verba do Fundo Partidário, que é dinheiro público, para pagar advogados que atuam na defesa de políticos do PT e do PR que estão enrolados com a Justiça (leia post).

É um acinte! É o fim da picada! Pessoas envolvidas com o desvio de recursos públicos estão tendo as suas respectivas defesas pagas por… mais dinheiro público. Cadê os procuradores eleitorais? Cadê a OAB? Cadê a dita sociedade civil organizada? É o caso de fazer imediatamente uma denúncia ao TSE para que esse descalabro seja investigado, e os faltosos, devidamente punidos.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade