Clique e assine com até 92% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Manual da Contabilidade Criativa de Mantega não engana ninguém

(leia primeiro o post abaixo) Como se pode ler no post abaixo, mesmo recorrendo a seu Manual da Contabilidade Criativa — ou: “Como Fabricar um Falso Superávit e Não Enganar Banqueiros” —- Guido Mantega não conseguiu “criar” o superávit primário de 3,1% do PIB. “Ah, mas caso se retirem os gastos do PAC”… Bem, leitor, […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 13h00 - Publicado em 31 jan 2011, 15h50

(leia primeiro o post abaixo)
Como se pode ler no post abaixo, mesmo recorrendo a seu Manual da Contabilidade Criativa — ou: “Como Fabricar um Falso Superávit e Não Enganar Banqueiros” —- Guido Mantega não conseguiu “criar” o superávit primário de 3,1% do PIB. “Ah, mas caso se retirem os gastos do PAC”… Bem, leitor, tente isso na sua casa: ignore algumas despesas e, no papel ao menos, o seu superávit também será maior… Eu mesmo estou pensando em fazer de conta que não paguei taxa de matrícula, taxa de material escolar etc. Sobra um bom dinheiro. Ocorre que eu paguei tudo isso…

E, como vocês sabem, o PAC foi apenas um dos truques. A “operação Petrobras” colaborou para inflar o superávit do governo central — o que também é mera falcatrua contábil. Vale dizer: mesmo os 2,78% SÃO FALSOS! A verdade é que as contas públicas brasileiras entraram num severo processo de deterioração, como alertou o FMI — que Mantega, o criativo, preferiu tachar de “conservador”.

Publicidade