Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Levy volta a dizer que país precisa de CPMF para ter estabilidade

Ministro falou em evento na FIESP, entidade que faz campanha contra novos impostos

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 00h10 - Publicado em 5 nov 2015, 18h19

Hoje, em evento na FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, voltou a defender a aprovação da CPMF para ajustar as contas do governo. Levy chegou a chamar o imposto de “monstro”, e, diante de empresários, disse a seguinte frase: “Sei que vocês aqui não gostam desse ‘monstro’, mas depois que ele foi criado, as coisas se estabilizaram, a confiança foi retomada e o país voltou a crescer”. O ministro afirmou ainda que sem a CPMF não haverá superavit orçamentário em 2016 e a sociedade terá de escolher quais gastos terá de cortar, mencionando, inclusive, o custo dos programas sociais.

Publicidade