Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

LEIAM ABAIXO

— Datafolha: Segundo turno já é uma realidade; diferença de Dilma para Aécio vai a apenas 7 pontos: 46% a 39%; presidente segue a mais rejeitada; pesquisa de há um mês era melhor para a petista; — Um dos relatórios do TCU inclui Dilma, Mantega e Coutinho entre os responsáveis por prejuízo causado à Petrobras […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h34 - Publicado em 3 jul 2014, 08h23

Datafolha: Segundo turno já é uma realidade; diferença de Dilma para Aécio vai a apenas 7 pontos: 46% a 39%; presidente segue a mais rejeitada; pesquisa de há um mês era melhor para a petista;
Um dos relatórios do TCU inclui Dilma, Mantega e Coutinho entre os responsáveis por prejuízo causado à Petrobras pela compra da refinaria de Pasadena;
Tomara que Deus fale pela boca dos anjinhos argentinos, né?;
Riocentro: o Estado de Direito existe para todos; até para as pessoas que não julgamos tão bacanas;
Justiça tranca o processo sobre atentado no Riocentro;
Black bloc preso por depredar concessionária tem longa ficha criminal;
Mensaleiros mudam de presídio para começar trabalho externo;
A Vila Madalena se transformou na Cracolândia dos descolados;
Enquanto polícia de SP prende black blocs, ministro de Dilma bate papinho com eles;
Polícia anuncia prisão de black bloc que depredou loja de carros em SP;
Produção industrial cai 3,2% em maio;
— Câmara pode votar hoje Decreto Legislativo que repudia arroto autoritário da dupla Dilma-Gilberto Carvalho: o Decreto 8.243, aquele que abre a porta para o fim da propriedade privada. E não se trata de exagero. Basta ser alfabetizado e saber ler! Que não falte hombridade aos deputados para defender o Parlamento!;
— Coordenação da campanha de Dilma manda “lavar” seu programa de governo para esconder as reais intenções do PT caso ela se reeleja;
— Israel e os três adolescentes mortos: já há certo esforço para culpar as vítimas e absolver os assassinos;
— Abandonado até por Maluf, Padilha lembra sua condição de ex-coordenador de Lula e diz que nada o surpreende: será que é uma confissão sobre a ética do lulo-petismo?

Publicidade