Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Justiça da Suíça bloqueia bens de ex-diretor da CPTM

Na Folha Online: O ex-diretor de engenharia da CPTM Ademir Venâncio e a mulher dele tiveram cinco contas bancárias bloqueadas na Suíça em razão da origem suspeita dos recursos. A informação foi transmitida pelo Coaf (órgão de fiscalização do Ministério da Fazenda) ao Ministério Público. Em depoimento sigiloso à Promotoria, o ex-diretor de sistemas de transportes da […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h53 - Publicado em 9 Maio 2014, 03h56

Na Folha Online:
O ex-diretor de engenharia da CPTM Ademir Venâncio e a mulher dele tiveram cinco contas bancárias bloqueadas na Suíça em razão da origem suspeita dos recursos. A informação foi transmitida pelo Coaf (órgão de fiscalização do Ministério da Fazenda) ao Ministério Público. Em depoimento sigiloso à Promotoria, o ex-diretor de sistemas de transportes da multinacional alemã Siemens Jan Orthmann afirmou que a empresa de Venâncio, a Focco, esteve envolvida no esquema de formação de cartel e pagamento de propinas em concorrências públicas de trens entre 1998 e 2008 em São Paulo, em sucessivos governos do PSDB.

Além de serem investigados por promotores e procuradores da República, Venâncio e o ex-sócio dele, João Roberto Zaniboni, já foram indiciados no ano passado pela Polícia Federal sob a acusação de participação em atos de corrupção nas licitações da CPTM e do Metrô. Segundo o relato do Coaf ao Ministério Público, as autoridades suíças iniciaram uma investigação sobre Venâncio em janeiro último. Depois do surgimento das suspeitas sobre a origem do dinheiro em cinco contas de Venâncio e da mulher dele, três delas no Credit Suisse, as autoridades bloquearam os valores. A informação do Coaf não especifica o montante sequestrado na Suíça.
( …)

Publicidade