Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

João Santana, sua mulher e diretor-presidente da Odebrecht voltam ao Brasil e são presos

Os três são investigados na fase Acarajé da Operação Lava Jato

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h28 - Publicado em 23 fev 2016, 12h17

Depois de renunciar à coordenação da campanha presidencial de Danilo Medina, na República Dominicana, João Santana e sua mulher, Monica Moura, retornaram ao Brasil e se entregaram à Polícia Federal. A Justiça Federal do Paraná bloqueou 25 milhões de reais das contas do marqueteiro e sequestrou um apartamento de sua propriedade na Zona Sul de São Paulo. Segundo as investigações, os bens podem ter origem em desvios da Petrobras. Há ainda suspeita de crime eleitoral no repasse de US$ 7,5 milhões feitos a uma offshore do marqueteiro, oriundos de depósitos feitos pela empreiteira Odebrecht e pelo estaleiro Keppel Fels.

Odebrecht – O diretor-presidente da Odebrecht, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, o BJ, retornou de viagem aos Estados Unidos e entregou-se hoje à Polícia Federal no Rio e já seguiu para a carceragem em Curitiba. Segundo homem na hierarquia da construtora, também ele é investigado sobre desvios de recursos da Petrobras.

Publicidade