Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Janot volta a pedir ao STF prisões de Aécio Neves e Rocha Loures

Os dois já foram afastados dos mandatos por Fachin na última quinta-feira, quando foi deflagrada a Operação Patmos, que investiga conteúdo da delação da JBS

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recorreu da decisão do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, que negou a prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Janot pede que o ministro reconsidere a decisão ou leve com urgência o caso para o plenário, com intuito de que os 11 ministros da corte analisem a possibilidade de prisão dos parlamentares. Os dois já foram afastados do mandato por Fachin na última quinta-feira, quando foi deflagrada a Operação Patmos, com base nas revelações de empresários do grupo J&F em delação premiada.

Segundo Janot, a prisão preventiva é “imprescindível” para garantia da ordem pública e instrução criminal, diante de fatos gravíssimos que teriam sido cometidos pelos parlamentares. Aécio e Rocha Loures foram gravados por Joesley Batista em negociação de pagamento de propina pelo empresário. Depois, ambos foram alvos de ações controladas pela PGR. Um interlocutor de Aécio e o próprio Rocha Loures aparecem nas filmagens recebendo dinheiro em espécie.

Ao pedir a prisão dos parlamentares a Fachin, Janot afirmou que a situação era “excepcional”: “No tocante às situações expostas neste recurso, a solução não há de ser diversa: a excepcionalidade dos fatos impõe medidas também excepcionais”.

Janot argumenta, no recurso encaminhado ao STF, que as gravações ambientais e interceptações telefônicas demonstram que Aécio e Loures “vêm adotando, constante e reiteradamente, estratégias de obstrução de investigações da Operação Lava Jato”. De acordo com a PGR, a prisão só não foi decretada no momento do flagrante do pagamento de propina para que os investigadores pudessem coletar provas ainda mais robustas contra os congressistas.

“Nesse sentido é importante destacar que a ação controlada requerida no bojo da Ação Cautelar 4315 não objetivou apenas monitorar o pagamento da propina destinada ao senador Aécio Neves, mas também os repasses de valores espúrios ajustados entre Joesley Batista, o presidente da República, Michel Temer, e o deputado Rodrigo Loures”, afirma Janot. Devido à influência e ao poder dos dois parlamentares, o procurador-geral considera que a liberdade dos dois pode gerar “uso espúrio do poder política” e “manter encontros indevidos em lugares inadequados”.

Ao determinar o afastamento de Aécio e Rocha Loures do mandato, sem autorizar a prisão, Fachin já havia indicado que eventual recurso seria encaminhado ao plenário do STF.

O Supremo Tribunal Federal já prendeu um congressista no exercício do mandato em decisão unânime da 2ª Turma do Tribunal, que decretou prisão do senador cassado Delcídio do Amaral.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Roberto Negromonte Santos Negromonte

    Quer ciscar bem o terreno em MG para se candidatar a quê?Tio Rei, tem comentarista arrotando alfafa na área de comentários e com atitudes bichérrimas em relação a você…

    Curtir

  2. Janot age como todo petista e não consegue disfarçar: com truculência, violência, covardia, falta de escrúpulos. Conseguiu se esconder na Lava Jato até a página 2, mas depois minha gente , não há como segurar, saiu do armário com a violência típica da esquerda para atacar os adversários. Foda-se o país, o que importa é esmagar , destruir os adversários. E a prepotência é o princípio da decadência. Concedeu tudo ao bilionário e não deu nada ao Brasil. Deixou Chiclesley, Josesley, Creinesley, sei-lá-o-quê-zesley saírem ilesos, limpinhos com o bolso ainda mais cheio, pois tinham informações privilegiadíssimas e foram para New York, desfrutar a vida na 5th Ave, afinal de contas, ninguém é de ferro. E você que bancou a brincadeira com dinheiro do BNDES, com seus impostos, você que se foda. Janot caga e anda para você. E aí que Janot vai cair do cavalo, porque o povo pode ser tudo , menos burro. Beneficiar muitíssimo um bilionário para cassar um presidente e o principal líder do PSDB não me parece coisa que o povo esteja preocupado. Janot vai despencar, da mesma maneira que fez a bolsa cair. Espírito canalha é o que demonstrou neste golpe que tenta aplicar no país.

    Curtir

  3. Quando o Janot pedirá a prisão de Lula ?

    Curtir

  4. A prepotência é o princípio da decadência. Janot surfou na Lava Jato para fazer suas acrobacias jurídicas e ninguém o interrompeu. Aí como bom esquerdista que é , atropelou tudo! O importante é fuzilar, aniquilar, destruir opositores e mandou bala na delação dos puros açougueiros de Goiás. Aí o povo não é bobo , né Janot? Os caras metem a mão no Brasil e Janot deixa os caras morarem na 5th AVe em NY enquanto a pobrada fica aqui trabalhando para sustentar a turma. Desta vez não deu Janot…. A casa caiu procê, queridim.

    Curtir

  5. Claudio Stainer

    Podem prender quem quiser mas a armadilha preparada contra o Temer vai sair muito cara. Sabotagem é ação abjeta e a população percebeu tudo, Foi serviço de amadores: um Procurador e uma Delegada conduzidos. eles sim praticaram um crime controlada Pela PGR e pelo Fachin. O topo da Nave dos Loucos. O janot é o que rasga o velame a título de mudar a direção na tempestade, exatamente o que não se faz. A Nave dos Loucos seria jogada contra a margem.Eu aprendi que se leva o barco para o meio do rio. Sou motorista de embarcação, antigo capitão de cabotagem.

    Curtir

  6. Claudio Stainer

    Pessoal, Apocalipse é a relevação do que se encontrava oculto. É um dos Livros do Novo Testamente mais difícil de ser interpretada suas revelações. Sou terminante contra o uso de Palavras Bíblicas em nome de operações policiais e Apocalipse gostaria que lessem; mesmo porque não me importa se leem ou não. Não perdoo são os venatórios contra o Presidente e as armadilhas espalhadas pelo prado. Não atingem o Estado Democrático e de Direito: o ignoram completamente, sob o comando de JANOTIOLANDA26061968.

    Curtir

  7. Renato Montezano

    Quando se vai a Nova York(e fui apenas duas vezes) se percebe que em Manhattan se respira o universo do pleno luxo e da riqueza da quinta avenida e do Central Park. Museus, teatros, festa de luzes. Ao contrário da histórica e bonita Europa, Nova York transpira luxo e riqueza. E é pra lá, ali pertinho da Trump Tower, que os Batistas foram como prêmio para armar ciladas para um Presidente que mantem a estabilidade econômica e para um senador que certamente deve ser processado, mas não precisa ser preso. Isso é nossa democracia. Uma grande farsa.

    Curtir

  8. Ciro Lauschner

    E quando vão prender o Janot? Ou ele tem direito de dar liberdade total com isenção de processo aos maiores financiadores do PT no país? Isso não é conivência ou até cumplicidade.Em umpaís sério ele seria investigado.Ele acha que o pais virou a ditadura da PGR?

    Curtir

  9. Lourival Nascimento

    Reinaldo, não tem algo de fixação, tara, talvez, nessa coisa com o Aécio. Sabido e comprovado que Lula comandou a zorra na economia, junto com Dilma obstruiu a Justiça no caso do Decreto de nomeação de Lula, no tal ” tchau, querida ” e distinto Janot não pediu as prisões de quem nos desgraçou? Gostaria de saber a sua opinião, se lá nos Estados Unidos os irmãos Batista fariam algo semelhante, ou isso só possível numa republiqueta terceiro mundista?

    Curtir

  10. Alberto Pantaleão

    Procurador agindo como “o libertador da pátria”, contudo, com interesse próprio!

    Curtir