Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Investir é difícil, diz Dilma. Nem diga!

Por Portal G1. Volto depois: A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta terça-feira (18) que a falta de tradição em investimento dificultou as ações do governo no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), segundo informações da Agência Câmara. “Não é fácil investir, mesmo com os recursos. Não se trata apenas de uma vontade, […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 20h03 - Publicado em 18 dez 2007, 17h58

Por Portal G1. Volto depois:

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta terça-feira (18) que a falta de tradição em investimento dificultou as ações do governo no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), segundo informações da Agência Câmara. “Não é fácil investir, mesmo com os recursos. Não se trata apenas de uma vontade, ‘vamos investir ali’, e pronto”, disse. A ministra participa de uma audiência pública na Câmara dos Deputados para discutir o PAC, os problemas de abastecimento de gás natural no Rio de Janeiro e os contratos de concessão de rodovias brasileiras.

De acordo com a Agência Câmara, Dilma Rousseff creditou a falta de planejamento para investimentos à crise fiscal e à dívida externa dos anos anteriores ao governo Lula. “Para resolver essas questões, a política do governo foi voltada para evitar os gastos e investimentos, o que inviabilizava o planejamento”, afirmou. A audiência pública está sendo realizada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Fiscalização Financeira e Controle.

A ministra também falará sobre o abastecimento de gás. Em outubro, a Petrobras reduziu o fornecimento de gás natural para distribuidoras do Rio de Janeiro e São Paulo, que atendem a indústria e postos de combustível, para suprir a necessidade das usinas termelétricas. A estatal voltou atrás após decisão da Justiça. As usinas térmicas estão trabalhando com maior carga para suprir a produção das usinas hidrelétricas, afetadas pela estiagem e pelo nível mais baixo dos rios em algumas regiões do país – entretanto, a redução do envio de gás às distribuidoras mostrou que a estatal não tem como atender ambos os mercados neste momento.

Voltei

É verdade. É difícil. Para investir, é preciso saber onde investir e ter um projeto. Não é fácil mesmo. Publiquei ontem levantamento do Siafi sobre quatro programas do governo. Não se gastou a metade do que estava previsto. O programa de inclusão digital investiu menos de 1,5% do que poderia.

Infelizmente, o governo é muito rápido para gastar no custeio da máquina. Aí, de fato, nunca se viu mão mais ligeira. Porque não requer grande especialidade. Basta ir contratando, né?

Continua após a publicidade
Publicidade