Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FOI DILMA QUE FEZ? NÃO FOI! FOI UM LEITOR DO BLOG!!!

Escrevi ontem que, entre as mistificações do PAC, estavam obras tocadas e pagas pelo setor privado. Leiam o relato que me chega de um leitor chamado Alexandre, devidamente identificado (não vou publicar o e-mail, claro): * Reinaldo, a apropriação de empreendimentos totalmente privados pelo PAC é um fato, e sou prova disso. Em 2008, concluí […]

Escrevi ontem que, entre as mistificações do PAC, estavam obras tocadas e pagas pelo setor privado. Leiam o relato que me chega de um leitor chamado Alexandre, devidamente identificado (não vou publicar o e-mail, claro):

*
Reinaldo,
a apropriação de empreendimentos totalmente privados pelo PAC é um fato, e sou prova disso. Em 2008, concluí uma PCH (Pequena Central Hidrelétrica), com recursos totalmente próprios.

Por estar em um Programa de Incentivo às Fontes  Alternativas de Energia (Proinfa)  — em que vendi (disse: “vendi”) a energia à Eletrobrás (então ela é simplesmente minha cliente) — e possuir financiamento BNDES (não, eles não me DERAM dinheiro,  mas me emprestaram, a juros normais), era obrigado, todos os meses, a enviar um Relatório de andamento das obras para que Dona Dilma mostrasse isso como obra dela.

Interessante nisso é que o Proinfa é uma lei do governo FHC, contra a qual a própria Dilma lutou o quanto pôde, demorando dois anos para implementá-la, tentando bombardeá-la. Ela era ministra de Minas e Energia.

O Proinfa deu 3.300 Mw de energia renovável ao país, movimentando mais de R$ 10 bilhões em investimentos privados. Financiamento do BNDES não é dinheiro público repassado; é empréstimo, sendo pago pelo empreendedor a juros internacionalmente  compatíveis. Tudo isso vinha de uma lei de FHC, que Dona Dilma odiava, pois, segundo a própria, colocava um setor estratégico em mãos privadas — ouvi isso da própria em um evento, antes da implementação do programa.

O fato é que tudo isso é apresentado ao Brasil como parte do PAC. Ou seja: eu investi e trabalhei para que ela mostrasse ao país que foi ela que fez…

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s