Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Esquerda ganha de novo na América Latina – O chavista Ollanta Humala deve ter vencido no Peru

Até o fim desta madrugada, os sites dos jornais do Peru anunciavam que haviam sido apurados 84,44% dos votos do segundo turno da eleição presidencial realizada neste domingo. Ollanta Humala, o chavista e golpista que agora se diz convertido à democracia, da coligação “Gana Peru”, tinha 50,7% (6.494.970 votos); Keiko Fujimori, da “Fuerza 2011″, 49,29% […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 20 fev 2017, 14h40 - Publicado em 6 jun 2011, 06h43

Até o fim desta madrugada, os sites dos jornais do Peru anunciavam que haviam sido apurados 84,44% dos votos do segundo turno da eleição presidencial realizada neste domingo. Ollanta Humala, o chavista e golpista que agora se diz convertido à democracia, da coligação “Gana Peru”, tinha 50,7% (6.494.970 votos); Keiko Fujimori, da “Fuerza 2011″, 49,29% (6.313.992). Os dados são do Instituto Nacional de Processos Eleitorais. A diferença, de apenas 180.978 votos, não permitia definir ainda, matematicamente, o vencedor.  Dava-se, no entanto, como certa a vitória de Humala porque os votos que ainda não tinham sido contados se concentravam em áreas rurais e mais pobres, justamente onde ele é mais forte. Keiko venceu em Lima e nas capitais dos departamentos. Volto ao tema ainda nesta segunda, especialmente para falar de Mario e Álvaro Vargas Llosa, que se mostraram “humalistas” por demais convictos no segundo turno. O país optava, a meu ver, entre o ruim e o pior. Eu só não sei direito, até agora, quem é quem…

Publicidade