Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Dilma entre as panelas reforça preconceito besta

Eu não acho que cozinhar ou não cozinhar indicam libertação ou opressão da mulher. Há as “libertas” e as “oprimidas” que não sabem fazer uma omelete; do mesmo modo, umas e outras podem fazer doces de mil folhas… Isso tudo é conversa mole para boi dormir. Mas eu considero, sim, um atraso que uma presidente […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 12h39 - Publicado em 2 mar 2011, 21h47

Eu não acho que cozinhar ou não cozinhar indicam libertação ou opressão da mulher. Há as “libertas” e as “oprimidas” que não sabem fazer uma omelete; do mesmo modo, umas e outras podem fazer doces de mil folhas… Isso tudo é conversa mole para boi dormir.

Mas eu considero, sim, um atraso que uma presidente da República seja levada um programa de variedades para mostrar que também é boa na cozinha. Aí, sim: a consideração de que há uma habilidade inata, feminina, para lidar com assuntos de cozinha é preconceito. Como é a suposição de que homens são loucos por automóveis e adoram dirigir. Eu, por exemplo, não sou. Também não guio. Acho “carros” um assunto chato.

Teria sido mais avançado mostrar Dilma trocando um pneu. Ainda que ela não soubesse fazê-lo direito, tudo bem. Ela também não sabe fazer omelete, ora essa!

Publicidade