Clique e assine com 88% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

DILMA E A BIRUTA DE AEROPORTO

Daqui a pouco, a pré-candidata Dilma Rousseff não vai reconhecer a própria imagem no espelho, né? Campanha obriga a cada coisa! Vejam se o que vai abaixo não parece, como diria a própria petista, “biruta de aeroporto”. Espero que o PT não considere que isso é parte da, como é mesmo?, “guerra suja”. Afinal, “companheiros”, […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 21 fev 2017, 18h41 - Publicado em 30 abr 2010, 22h16

Daqui a pouco, a pré-candidata Dilma Rousseff não vai reconhecer a própria imagem no espelho, né? Campanha obriga a cada coisa! Vejam se o que vai abaixo não parece, como diria a própria petista, “biruta de aeroporto”. Espero que o PT não considere que isso é parte da, como é mesmo?, “guerra suja”. Afinal, “companheiros”, é tudo fala de Dilma.

DILMA E O MST
Em outubro do ano passado
Diante da estupidez  do MST, que invadiu e depredou uma fazenda da Cutrale, com a derrubada acintosa de pés de laranja, o que afirmou a então ministra? Isto:
“Não vamos ser complacentes com qualquer ato ilegal. Mas também não vamos ser conservadores a ponto de tratar os movimentos sociais como caso de polícia.”
Só faltava defender explicitamente atos ilegais, né? Como se vê, era uma fala que protegia o MST.

Dilma ontem
“Sou inteiramente contrária a criar prejuízos aos que não são responsáveis pela política e sou contrária às invasões de terra”.
Ah, bom!!! Mas não citou o nome do MST

DILMA E OS REVANCHISTAS DA LEI DE ANISTIA
Dilma em 1º de novembro de 2008
“Eu, pessoalmente, como cidadã e indivíduo, acho que crime de tortura é imprescritível”. Com essa fala, a então ministra estava pedindo a revisão da Lei da Anistia. Quando o então Advogado Geral da União, José Antonio Dias Toffoli, encaminhou parecer contrário à revisão, Dilma reagiu. O parecer da Casa Civil era bem outro: a favor da revisão. O Programa Nacional-Socialista dos Direitos, que também passou pela Casa Civil, é abertamente revanchista.

Dilma hoje, 30 de abril de 2010
“Eu não sou a favor de revanchismo de nenhuma forma. Do ponto de vista da decisão do Supremo, decidiu, decidido está”

Vamos ver para que lado sopra o vento amanhã.


Publicidade