Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Damos dinheiro a um tal Flávio Renegado para ele nos xingar na Globo, em rede nacional

Eu realmente não sabia. Leitores me mandam links sobre a participação de um tal “Flávio Renegado” no Criança Esperança da Globo. Segundo este senhor, os que batem panela da Paulista pertencem à organização racista Ku Klux Klan. Não vou falar de sua melodia porque, em casos assim, nunca é o caso. A letra é de […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 10 fev 2017, 15h53 - Publicado em 18 ago 2015, 05h45

Eu realmente não sabia. Leitores me mandam links sobre a participação de um tal “Flávio Renegado” no Criança Esperança da Globo. Segundo este senhor, os que batem panela da Paulista pertencem à organização racista Ku Klux Klan. Não vou falar de sua melodia porque, em casos assim, nunca é o caso. A letra é de uma pobreza boçal. Se a Globo chamou é porque deve achar que sua mensagem leva esperança às criancinhas, não é?

Vejam o vídeo. Volto em seguida.

Mas isso é o de menos. Ele poderia, ao menos, vender a sua “arte” por sua própria conta, sem contar com a nossa ajuda.

Continua após a publicidade

Mas quê!!! Você que bate panela na Paulista; você que bate panela Brasil afora; você que é um entre os milhões que já foram às ruas pedir o impeachment de Dilma financia a poesia pobre do tal “Flávio Renegado”. Renegado, claro!, mas na Globo. Renegado, claro, mas não pelas tetas do governo.

Vejam isto (se preciso, clique na imagem para ampliá-la):

Flavio REnegado

O Flávio Renegado pediu ao Ministério da Cultura petista, e obteve, a autorização para captar R$ 397.050 pela Lei Rouanet, a Lei de Incentivo à Cultura. Quem arca com o custo da renúncia fiscal?

Continua após a publicidade

Ora, os que trabalham. Os que batem panela.

Ou por outra: damos dinheiro a Flavio de Abreu Lourenço, o dito Flávio Renegado, para ele nos xingar na Globo, em rede nacional.

O “Criança Esperança” não se contenta mais em ser cafona. Agora também tem de apresentar pitadas de luta de classes e de guerra racial. Deve fazer parte da diversidade cultural.

Desde que o Renan Calheiros assegure a governabilidade, é claro!

Texto publicado originalmente às 2h50
Publicidade