Clique e assine com até 92% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Convido Dilma para uma entrevista para falar só de cristianismo

Por Pedro Dias Leite, na Folha. Volto depois: A ministra Dilma Rousseff fez propaganda do governo ontem à noite em visita à sede da Assembleia de Deus em São Paulo, a maior denominação evangélica pentecostal do país -o Censo de 2000 apontou 8,7 milhões de fiéis, mas a igreja calcula que sejam cerca de 20 […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 16h43 - Publicado em 6 out 2009, 06h13

Por Pedro Dias Leite, na Folha. Volto depois:
A ministra Dilma Rousseff fez propaganda do governo ontem à noite em visita à sede da Assembleia de Deus em São Paulo, a maior denominação evangélica pentecostal do país -o Censo de 2000 apontou 8,7 milhões de fiéis, mas a igreja calcula que sejam cerca de 20 milhões.
Era noite de festa na igreja, para comemorar os 75 anos de seu presidente, o pastor José Wellington da Costa. O convidado oficial era o presidente Lula, mas Dilma foi representá-lo, disse o pastor José Wellington da Costa Júnior.
“Os irmãos querem recebê-la com um amém bem forte?”, perguntou o pastor. “Amém”, responderam os cerca de 4.000 fiéis que lotavam o templo, na zona leste de São Paulo.
O ex-governador do Rio Antonhy Garotinho (PR) discursou no evento.
Uma das últimas a falar, Dilma citou o Evangelho, elencou realizações do governo e afirmou que “o governo do presidente Lula é um governo que defende valores cristãos”. Foi aplaudida no final do discurso de dez minutos, lido.
O presidente da Assembleia elogiou Dilma e, principalmente, Lula. “Queria agradecer nosso presidente, que tem superado todas as expectativas”, afirmou Wellington da Costa, que em 2006 apoiou a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB).
A ida de Dilma ao culto é mais uma tentativa da ministra de se aproximar do eleitorado evangélico.
A senadora Marina Silva (PV-AC), provável adversária de Dilma em 2010, é evangélica.

Comento
Bacana! Gosto de ver uma candidata cristã em ação. Dilma concedeu uma entrevista recente para demonstrar seus conhecimentos em literatura, MPB e novelas. Se ela topar, quero fazer uma entrevista sobre religião. Fica o convite. Como sei que ela não é do tipo que vai a culto religioso só para pegar votos de fiéis, intuo que há ali uma alma genuinamente cristã – ou, o que seria ainda mais interessante, convertidamente cristã. Podemos, então, falar sobre cristianismo. E não é para fazer pegadinha, não, verificando se ela decorou isso ou aquilo. É sobre ética cristã mesmo!

Publicidade