Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Como um partido de extrema esquerda colabora com a iniciativa privada

Um partideco de extrema esquerda, o folclórico Partido da Causa Operária (PCO), comanda a greve dos Correios. O efeito mais visível da ação dos “revolucionários” trotskistas é o crescimento das empresas privadas do setor, o que é uma boa notícia.  Afinal, a melhor coisa da militância socialista é provar que o capitalismo é melhor. Leiam […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 10h40 - Publicado em 24 set 2011, 08h57

Um partideco de extrema esquerda, o folclórico Partido da Causa Operária (PCO), comanda a greve dos Correios. O efeito mais visível da ação dos “revolucionários” trotskistas é o crescimento das empresas privadas do setor, o que é uma boa notícia.  Afinal, a melhor coisa da militância socialista é provar que o capitalismo é melhor. Leiam o que informa a Folha.

Por Cirilo Junior:
Enquanto a greve dos Correios prejudica grande parte dos brasileiros, empresas que atuam no segmento de entregas expressas aumentam o faturamento durante a paralisação. O volume de encomendas transportadas pela Azul Cargo, braço de logística da aérea Azul, cresceu 60% desde a semana passada, quando parte dos funcionários dos Correios cruzou os braços. Embora não tenha fechado dados relativos ao volume dos últimos dias, a TNT Express registrou forte incremento nas consultas. Os atendimentos no call center da empresa aumentaram 150% desde a semana passada.

“São clientes querendo saber sobre preços, prazos. E identificamos uma expansão no despacho de encomendas para o exterior”, afirma Carlos Ienne, diretor da divisão express da empresa no Brasil. A TNT trabalha com encomendas maiores, ao contrário da Azul e da Gollog, cujo número de encomendas cresceu 47% desde o início da paralisação. Empresa de logística da Gol, a companhia vem investindo cada vez mais no segmento de cargas expressas, que engloba pequenas encomendas. Aqui

Publicidade