Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Ciro, coordenador de Dilma, defende descriminação do aborto, vê mafiosos e frouxidão moral no PT e desconfia da honradez do PMDB

Ciro Gomes, um dos novos coordenadores da campanha da candidata do PT, Dilma Rousseff, dá uma entrevista bem impressionante à Folha de S. Paulo. Segundo ele, há “frouxidão moral no PSDB e no PT”, mas ele só aceita falar daquelas que supostamente existem no partido adversário. Além da frouxidão, o partido de Dilma também conta […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 14h00 - Publicado em 8 out 2010, 09h23

Ciro Gomes, um dos novos coordenadores da campanha da candidata do PT, Dilma Rousseff, dá uma entrevista bem impressionante à Folha de S. Paulo. Segundo ele, há “frouxidão moral no PSDB e no PT”, mas ele só aceita falar daquelas que supostamente existem no partido adversário. Além da frouxidão, o partido de Dilma também conta com alguns “aprendizes de mafiosos”. Não só isso. Leiam esta pergunta e essa resposta sobre o PMDB:

Sobre PMDB, o sr. disse que o [Michel] Temer [presidente do partido e vice de Dilma] estava chefiando uma turma de pouco escrúpulo.
Penso que essa aliança PT e PMDB tem contradições graves. Sou aliado do PMDB no Ceará, acabamos de eleger um senador do PMDB, o vice nosso é do PMDB. Então eu acho que há uma contradição, mas no Brasil é impossível governar sem essa contradição. O que é preciso é pôr sobre essa contradição uma hegemonia moral e intelectual clara. E isto que eu acho que ainda falta.

Voltei
Entendi. Segundo Ciro, o PMDB precisa ser mantido na rédea curta. Então tá. Ele está na campanha da candidata cujo partido é moralmente frouxo, onde há alguns mafiosos, e que é aliado de uma legenda que não é de confiança, embora tenha o candidato a vice-presidente. Registrado.

Se ele, que coordena a campanha diz isso, eu acredito. É o caso de advertir os brasileiros. Afinal, ele está lá dentro; deve saber do que fala.

Continua após a publicidade
Publicidade