Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Boa notícia: sem CPMF, nomeações estão canceladas

Por João Domingos, no Estadão:Com a derrota na votação da emenda constitucional que prorrogava a CPMF, o Planalto decidiu congelar as nomeações políticas para os cargos de segundo escalão e estatais. O grupo do senador José Sarney (PMDB-AP), que reivindica o domínio de todo o setor elétrico, já foi informado de que o presidente Luiz […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 20h03 - Publicado em 18 dez 2007, 06h11

Por João Domingos, no Estadão:
Com a derrota na votação da emenda constitucional que prorrogava a CPMF, o Planalto decidiu congelar as nomeações políticas para os cargos de segundo escalão e estatais. O grupo do senador José Sarney (PMDB-AP), que reivindica o domínio de todo o setor elétrico, já foi informado de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não pretende mais tratar do assunto neste ano. Com isso, uma provável nomeação do senador Edison Lobão (PMDB-MA) para o Ministério de Minas e Energia deve ficar para o ano que vem.

Até mesmo acordos comprometidos anteriormente correm risco. É o caso do senador Valter Pereira (PMDB), que era contrário à prorrogação da CPMF, mas mudou o voto depois de obter do governo a promessa de que poderia indicar os delegados regionais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Mato Grosso do Sul. Pereira votou a favor do imposto do cheque. Como a prorrogação não passou, o governo não tem a mínima pressa em preencher as vagas que ele reivindicava.
Assinante lê mais aqui

Publicidade